Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de agosto de 2010

DILMA NO JORNAL DA GLOBO

Vejam como a Dilma superou muito bem o interrogatório com todos os factóides criados pela imprensa e disparados sem piedade sobre ela. Não sabem eles que ela foi diplomada em interrogatórios nos porões da ditadura.
Parte 1

Parte 2

Se eu fosse solteiro - ah! - eu casava com ela.

P.S.: policial da Pavuna exige "propina oral" para arquivar processo contra uma estudante de direito.

5 comentários:

Anônimo disse...

olá LACERDA!!!
VC DEVERIA DE VER ESTE VIDEO...INFELIZMENTE É UMA VERDADE!!!GOSTARIA MUITO QUE NÃO FOSSE...
A HEROINA DILMA E TODA SUA EQUIPE...RSRSRS..

VC E MAIS 90% DA POPULAÇÃO VÃO JOGAR O BRASIL AS TREVAS...PARABÉNS!!


http://www.youtube.com/watch?v=vJB_sWSKUz8

leila castro disse...

Isto já está ficando chato....
Não dá nem mais para ficar retrucando. Por mais que se argumente, parece que o problema de se votar na Dilma é sua caminhada contra a ditadura.

Não gosto da propaganda que a eleva a categoria de mártir e, também não aceito que por isto ela está preparada para ser nossa Presidente.

Porém, é imbecilidade dizer que ela não está preparada, justamente por ter sido da guerrilha necessária aos tempos que vivíamos com a ditadura.

Os Dilmistas a elevaram ao Monte Sinai, mãe dos pobres, Santa Joana D`Arc tupiniquim e coisas assim.

Os saudosistas da opressão, da matança institucionalizada, do AI5 e da vergonha militar, a colocaram no inferno, ao lado do capeta, segurando na alto da cabeça as Sete bestas do apocalipse.

Isto dá um desânimo!

Anônimo disse...

Dá pra manter estes vídeos no topo até o final da eleição?
Depois desta entrevista, alguém ainda é capaz de dizer que ela não é a mais preparada dos candidatos?

LACERDA disse...

O vídeo que o primeiro anônimo diz para eu ver é um discurso do Bolsonaro, coisa velha que circula pela internet há muito tempo. Esse deputado expõe na entrada de seu gabinete os seguintes dizeres:
1. Araguaia: quem procura osso é cachorro
2. Direitos Humanos: o esterco da vagabundagem
3. Nosso erro foi torturar e não matar
A tortura é uma ignomínia. No caso do deputado, à ignomínia soma-se o escárnio com os torturados e desaparecidos.
Quanto às trevas, Regina Duarte já tinha dito isso em 2002.
Seja original.

LACERDA disse...

Ao segundo anônimo, respondo que não sei como manter esses vídeos no topo do blog.