Total de visualizações de página

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

DEU NA FOLHA

Reportagem de ontem no Fantástico mostrou a farra dos vereadores interioranos em "cursos" de aprimoramento nas cidades turísticas e, hoje, a Folha de São Paulo publica a seguinte notícia:
"Polícia apreende documentos em operação envolvendo vereadores no RGS

A Polícia Civil do Rio Grande do Sul realizou nesta segunda-feira a Operação Legislatur para cumprir três mandados de busca e apreensão nas Câmaras Municipais de Triunfo, Dom Pedro de Alcântara e General Câmara. Segundo o delegado Ranolfo Vieira Júnior, a investigação teve origem na úlitma terça-feira, após denúncia de que vereadores e servidores municipais estavam recebendo diárias do poder público para participarem de cursos em cidades turísticas do Brasil.
Sem efetiva participação em tais eventos, ele teriam recebido diplomas certificando suas presenças no curso.
Nas três Casas Legislativas, foram apreendidos documentos que serão analisados pela Delegacia Fazendária do Estado."
A farra dos "cursos" para vereadores é paga com o dinheiro público. Os "cursos" são promovidos em cidades turísticas por ONGs obscuras que também concedem aqueles "prêmios" aos prefeitinhos deslumbrados do interior.
Os vereadores levam a família e assessores - principalmente assessoras - para passear à custa do meu, do seu, dos nossos tributos.
Quantas vezes você já ouviu falar que um ou outro vereador de Mangaratiba viajou para participar de um "curso" desses? A farra também ocorre por aqui.

2 comentários:

lila disse...

Pegando este gancho:

"Quantas vezes você já ouviu falar que um ou outro vereador de Mangaratiba viajou para participar de um "curso" desses? A farra também ocorre por aqui."

Durante a semana da cassação do ex-prefeito de Mangaratiba,tínhamos pelo menos um no RS participando do "curso de aprimoramento".
Talvez outros tenham participado, mas só posso ter certeza de um. O Dr. Ruy participou de um curso no RS na data que citei acima.

leila castro disse...

Acho que foi no Paraná.... é que falaram em Sul e vc deve ter pensado em RS.