Total de visualizações de página

sábado, 13 de julho de 2013

DE VOLTA AO PASSADO?

Quem não viveu o holocausto militar quer voltar pra lá?
Eu não quero saber desse passado. Te esconjuro. Lá é que tem ditadura, deduragem, a vida é escura, tem tortura, general-presidente. Naquele tempo, eu era duro. Prefiro viver no futuro. Ou mesmo, aqui, no presente.
Convocados pelo feissibuque, menos de cem idiotas fizeram passeata na Av. Paulista pela volta dos militares ao poder. O ato foi organizado por entidades fascistas e integrantes da extrema direita. As mesmas que se infiltraram nas manifestações de junho e causaram todo aquele estrago.
Os imbecis diziam que a nanica manifestação era contra a ditadura comunista em que vivemos agora e pela volta dos militares ao poder.
O ato foi organizado por entidades como Pátria Minha, União de Combate à Corrupção (UCC), Organização de Combate à Corrupção (OCC) e Mexeu com o Brasil Mexeu Comigo, todas presentes no feissibuque. Contou também com integrantes de grupos de extrema direita como Resistência Nacionalista, Frente Integralista Brasileira, Carecas do ABC e skinheads.
O integralismo, como todos sabem, é a versão brasileira do nazi-fascismo, enquanto o Carecas do ABC e skinheads são aqueles grupos homofóbicos cujos integrantes têm por esporte espancar gays até a morte em São Paulo.
Gente muito fina conforme se vê. Mas, a maioria era formada por esposas de militares.  A dondoca esquizofrênica que nos emociona ao microfone no vídeo acima deve ser uma delas.
Uma faixa que chamava a atenção dizia "Marcha das Famílias contra o comunismo". Outras faixas registravam o apoio dos ruralistas. A mais infame era esta aí embaixo levada por um dos vândalos mascarados que se infiltravam nas outras manifestações.
Um dos manifestantes se identificou como professor Hermiton Costa e defendeu a volta dos militares afirmando, do alto de sua ignorância, que a possibilidade está prevista no artigo 142 da Constituição Federal. O texto, porém diz exatamente o contrário, determina que as Forças Armadas preservem as instituições democráticas.
Professor, heim! Que pretensão... Como dizia Vinícius: o homem que diz sou não é porque quem é mesmo não diz.
As pessoas que saíam do trabalho reagiam com indiferença à passeata. Um deles fez piada: “De onde vieram estes caras? Do passado?” Outros, indignados, reagiam aos gritos de fascistas.
Quando eu disse aqui que as manifestações de junho estavam repletas de fascistas infiltrados muitos duvidaram.

8 comentários:

Leila Castro disse...

Mas, se eles estavam infiltrados e fizeram o estrago em Junho, como foram somente 100 pessoas nesta volta ao passado????

LACERDA disse...

Então você acha que eles não estavam infiltrados e que foram os próprios estudantes que fizeram o estrago?
Esses cem imbecis mostraram a cara desta vez e não conseguiram adesão para a sua estupidez.
Simples assim.

Anônimo disse...

Lacerda,você é um dos caras mais incríveis que já vi nesses blogs de
Mangaratiba.

Conhece a história do Brasil(e do
Mundo)como poucos,é politizado,sem ser chato,não é "enciclopédia ambu
lante"(tipo malas-sem-alça que pen
sam que sabem tudo e que só olham para o próprio umbigo).

Sua linguagem é culta,porém,clara,
direta,irônica e,por isso,agradável.

RODRIGO PHANARDZIS ANCORA DA LUZ disse...

Uma passeata assim é resultado da nossa crise de representação. Por isso é que sou defensor de uma política partidária. Uma democracia forte se faz com partidos fortes, sindicatos fortes, associações de moradores fortes e ONGs fortes. Acompanhei s protestos de junho e confesso ter havido coisas das quais não gostei. Numa mesma manifestação tinha gente defendendo o passe livre, grupos querendo a redução da maioridade penal e também os vândalos com suas bombas de fabricação caseira. Protestos organizados pela espontaneidade de internautas nas redes sociais geram coisas assim, o que difere bem dos atos convocados por centrais sindicais e por partidos.

LACERDA disse...

Rodrigo,

Concordo com você. Democracia sem partidos é ditadura. Somos uma democracia ainda incipiente. Somente o tempo nos fará forte.

LACERDA disse...

Anônimo,

Muito obrigado pelos elogios. Concordo também com você, pois é assim mesmo que eu tento ser.

Anônimo disse...

Anônima.

LACERDA disse...

Anônima,

Tinha que ser mulher. Os homens sempre me odiaram, ao contrário das mulheres. Estas sempre me amaram. Um beijo.