Total de visualizações de página

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

JINGLES POLÍTICOS

Alguns falam e até escrevem “dingo”, um arremedo grotesco da pronúncia inglesa. Dingo é um cão selvagem africano e jingle já consta do Aurélio; então, o correto é falar e escrever jingle.
Já fiz vários jingles políticos para candidatos a deputado federal – Sérgio Curi, André Luiz, Rodrigo Bethlem – a deputado estadual – Francisco Trindade - e a vereador – Jorge Felippe, Ubaldo de Oliveira, João Coité, Argemiro Pimentel, Eliana Ribeiro. Todos no Rio e mais diversos outros em algumas cidades do interior.
Em dois deles, trabalhei em parceria com o China, irmão do Barbosinha que foi candidato a vereador, em Mangaratiba. Aquele que, em 2008, pôde ser votado mas não pôde votar. Essa história eu contei AQUI.
Parece galhofa, mas é verdade. Tudo pode acontecer na eleição de Mangaratiba. Um cidadão em pleno gozo de seus direitos políticos para se candidatar e fazer campanha não pôde exercer o sagrado direito de votar em si mesmo. Passou a maior vergonha, foi motivo de chacota. Por incompetência, o TRE em Mangaratiba não o relacionou entre os eleitores aptos para exercer o direito do voto.

Mas, voltando a falar do tema, procurei sempre evitar o samba ao fazer jingles tendo em vista a sobriedade deste evento cívico de caráter democrático que é uma eleição. Considero o samba mais apropriado para o carnaval, um evento erótico e pagão sem qualquer civismo que eu amei enquanto existiu.
Sei que não sou melhor do que ninguém. Já fui, não sou mais. E nem faço mais jingles, porém ainda tenho ciência para criticar o que ouço atualmente.
Nesta eleição, aqui em Mangaratiba, os jingles são paródias de músicas de sucesso ou possuem melodias primárias. Muitos são mal gravados e é difícil entender o que diz a letra. São longos e não possuem um refrão marcante cuja letra e sonoridade fiquem retidas na memória. Entre estes há aquele agressivo que hostiliza desnecessariamente o adversário. Algo que pode agradar a alguns, mas desagrada à maioria.
Pra mim, o melhor jingle político atualmente é um samba que eu gostaria de ter feito, mas não como jingle. Tem uma letra correta que se encaixa perfeitamente numa linda melodia e atinge o seu objetivo. É o jingle do Madeira que apresentou também o melhor programa de governo.
Se eu fosse votar pela melhor proposta, votaria no Madeira. Mas, eu não voto em propostas.

N.L.: acabei de ouvir um jingle que não é paródia, é plágio mesmo. Um plágio descarado de
        "O amor de Julieta e Romeu, o amor de Julieta e Romeu, igualzinho o teu e o meu".

8 comentários:

leila castro disse...

Eu gosto de samba! Acho que é animado e a política deve ser animada também. Nada melhor que um samba para nos tirar da passividade. quem é que fica parado com um bom samba?

E samba me lembra povo...me lembra grupo e igualdade... gosto mesmo!

LACERDA disse...

"Quem não gosta de samba, bom sujeito não é..."
Gostou também do samba do Madeira?

leila castro disse...

Eu ouvi ontem o samba do Madeira. E vi que foi bem feito com jeito de alegria. Tenho que confessar que gostei...

LACERDA disse...

E quanto às propostas? Pra quem gosta de propostas como você não há candidato melhor.

Anônimo disse...

E quanto à proposta do PSOL? Vc já tomou conhecimento?

É feita por eles mesmos, não contrataram ninguém não. Fizeram de acordo com os anseios da comunidade.

Fazer valer uma porposta é realmente outro papo. Por isso é que o caráter e o passado do candidato deve ser estudado.

LACERDA disse...

Já tomei conhecimento. Como você mesmo diz "Fazer valer uma porposta é realmente outro papo".
Por isso mesmo eu não voto em propostas.
Muito pouco se sabia sobre as propostas e o plano de governo do Lula e da Dilma. No entanto...

SeveroRjsambaVivenciaCostaVerde disse...

HTAMBÉM GOSTO DE JINGLES BEM MUSICADOS E QUE CONSIGAM IDENTIFICAR O CANDIDATO E MARCAR O SEU NOME NA MENTE DO ELEITOR, AQUI EM MANGARATIBA O NOSSO SAUDOSO TIMÓTEO MARCOU A ELEIÇÃO DE 2008 COM O SEU " TIMÓTEO É 10 TIMÓTEO É 10 " REPETITIVO E QUE ESTRANHAMENTE NÃO ENJOAVA,,,,,,,, ERA CANTADO ATÉ PELAS CRIANÇAS . PARA ESSA ELEIÇÃO(2012) FUI PROCURADO POR CABOS ELEITORAIS DE UM CANDIDATO A PRFEITO QUE SOLICITOU QUE FOSSE ENCOMENDADO UM JINGLE EM FORMA DE SAMBA, PARA SER COMPOSTO E GRAVADO COM A VOZ DO PAULINHO MOCIDADE, A FIM DE EVITAR MAL ENTENDIDO, TELEFONEI PARA O PAULINHO E PEDI PARA QUE O SOLICITANTE FIZESSE A ENCOMENDA DIRETAMENTE E QUE ACERTASSE PRINCIPALMENTE O VALOR DO TRABALHO, DIAS MAIS TARDE, O CABO ELEITORAL CONFIRMOU A SOLICITAÇÃO E QUANDO O PAULINHO RETORNOU COM O JINGLE PRONTO, O MESMO PEDIU QUE EU INFORMASSE QUE NÃO ERA ESTRATÉGICO JINGLE EM RITMO DE SAMBA, PORQUE PODE CONTRARIAR AOS ELEITORES EVANGÉLICOS,,,,,,,, NESSE MEIO TEMPO UM CANDIDATO A VEREADOR COM REAIS POSSIBILIDADES,TB ME PROCUROU, PARA ENCOMENDAR UM JINGLE / SAMBA COM A VOZ DO PAULINHO, COMO EU ESTAVA VACINADO, PEDI PARA O MESMO LIGAR DIRETAMENTE, O QUE FOI FEITO,, , , MARCARAM UM ENCONTRO EM PE MIGUEL, O JINGLE FOI APROVADO E NO DIA MARCADO PARA GRAVAR O CANDIDATO DESISTIU POR QUESTÕES FINANCEIRAS E OLHA QUE LHES FOI COBRADO UM PREÇO 50 % MAIS BARATO DO QUE A TABELA OFICIAL EXISTENTE PARA ESSE TIPO DE TRABALHO .
CONCLUSÃO : NÃO LEVAM A CAMPANHA A SÉRIO E NOS ABORRECEM COM ESSES JINGLES RIDÍCULOS COMO A MAIORIA QUE VEM TOCANDO DIARIAMENTE .

LACERDA disse...

Severo, o "Timóteo é dez" foi composto e cantado pelo nosso amigo Beto Corrêa. Assim como o jingle do JLP.
O Paulinho Mocidade e o Wander Pires gravaram jingles meus para o João Coité e o Sérgio Curi, respectivamente.
Tem que pegar um adiantamento para evitar tais contratempos.