Total de visualizações de página

sexta-feira, 28 de maio de 2010

VOTO FEMININO

Se a eleição tivesse ocorrido este mês, se resultado de pesquisa fosse algo absolutamente indiscutível e somente os homens tivessem tido o direito ao voto, teríamos eleita – logo no primeiro turno - a primeira mulher Presidente da República.
Segundo a Vox Populi, Dilma Roussef tinha 42% de intenção de voto entre o eleitorado masculino, Serra tinha 34% e Marina Silva 7%.
Entre as mulheres, a intenção de voto dava a vitória a Serra com 35%. Dilma ficava com 34% e Marina Silva com 8%. Pela vontade feminina teríamos segundo turno na eleição.
Embora quase todos proclamem não existir diferenças na inteligência e na capacidade de homens e mulheres, parece que as próprias mulheres não creem muito nisso, ao contrário dos homens. Diante de uma candidatura feminina capaz de vencer, apenas uma minoria de mulheres demonstraram intenção de votar nela.
A situação, porém, já foi pior. Em todas as pesquisas anteriores de todos os institutos, Serra sempre manteve uma dianteira absoluta na intenção de voto do eleitorado feminino. Serra chegou a apresentar maior intenção de voto entre as mulheres do que as duas candidatas somadas.
Diante dessa significativa mudança, creio que o problema residia no desinteresse e na desinformação eleitorais das mulheres, pois, quando se consideram homens e mulheres com informação semelhante, as diferenças nas intenções de voto quase desaparecem.
Não é, portanto, como eu pensava, uma questão de “machismo feminino”. Agora, eu penso como Marcos Coimbra, Sociólogo e presidente do Instituto Vox Populi que afirmou:
“As pesquisas atuais refletem a distribuição desigual da informação entre os gêneros que deriva, por sua vez, dos papéis sociais diferentes que homens e mulheres desempenham. O próprio andamento das campanhas vai reduzi-la. Até outubro, homens e mulheres serão, cada vez mais, iguais na sua capacidade de escolher em quem votar.”
Dou razão, portanto, à Márcia Maralhas e a estimulo a começar o trabalho de conscientização política da mulher em Mangaratiba. Quem sabe não teremos aqui finalmente uma mulher vereadora.
Não importa que seja feia ou bonita. A beleza é fundamental, porém, existem muitas formas de beleza. Como a beleza de Jandira Fegalli em quem votei para deputada federal e para senadora. Ela não é bonita, mas tem a cara da mulher resolvida, imponente, firme, determinada. E ela é exatamente o que parece ser. Não tem a cara de mulher submissa que apanha do marido e que não impõe respeito.
Márcia, se eu puder ajudar, estarei à disposição.

11 comentários:

Paulo José disse...

Dilma Rousseff atingiu sua melhor marca até hoje numa pesquisa Datafolha e está empatada com José Serra. Ambos estão com 37%. A candidata do PT ainda perde para Serra entre as mulheres, o eleitorado em que tem maior rejeição. Nesse segmento, o tucano tem 38%, e ela, 33%. Entre os homens, Dilma lidera, por 42% a 36%.

leila castro disse...

Lacerda,

Temos mais é que estimular a conscientização do eleitorado feminino em Mangaratiba. Porém temos que ter o cuidado de eleger "boas" representantes, pois já tivemos vereadoras em Mangaratiba que não honraram a confiaça depositada nelas.
Sem expressão, com passagem pela Câmara como extensão da prática comum que até hoje vemos em nossos vereadores.
Nada fizeram de expressivo!
Vai Dona Márcia! Manda ver!

LACERDA disse...

Leila,

Nunca dá p´ra saber antecipadamente se aqueles que elegemos serão bons ou maus representantes. Somente podemos saber testando-os e, depois de eleitos, ficar de olho neles.
Governantes e legisladores são como fraldas descartáveis, temos que estar sempre trocando-os e sempre pelo mesmo motivo.
Essa é a grande vantagem dos poderes executivo e legislativo, somos nós que decidimos quem vai e quem fica.
Já com o judiciário, temos que aturá-los para sempre mesmo que estejam borrados e fedidos como uma fralda descartável usada.

leila castro disse...

Lacerda,
Não dá para saber de fato se serão bons ou maus políticos, e também concordo contigo que temos que ficar de olho, participar e cobrar. Só acrescento que dá para "criarmos" alguns pré-requisitos para peneirar mais um pouco.

E já que o judiciário não ajuda, tenho meus pré-requisitos quando vou para as urnas.
E é por isto que vou votar na cara de Amélia!

Sabe Lacerda, vivi em POA de 1983 a 1998 e nesta época uma senhora muito oportunista fazia parte de alguns governos gauchos e não era o "bicho".
Naquela época, suas conquistas foram sempre empurradas por um adorado militante de esquerda de nome Carlos Araújo, muito influente na política do estado.

Depois deste empurrão,ela fez seu próprio caminho político.

Vão me falar de sua militância. Vão me falar de sua prisão e tortura, mas o fato é que muitas mulheres viveram tudo isto e não conseguiram sobreviver, nem tiveram companheiros tão respeitados tanto na esquerda como na direita.

Quando eu leio alguma galhofa sobre a Marina Silva, fico pensando como daria para ser também babaca, se eu distorcesse os fatos da vida da Dilma.
Por exemplo, diria que ela trabalhou pouco na vida.
Diria que trocou um marido velho por um mais novo e mais influente.
Que sua passagem no governo do Alceu collares era piada em POA, quando a população preconceituosa dizia que era o governo do Zoo, onde o macaco mandava, a galinha gastava (alusão a esposa do Collares) e a camaleoa se aproveitava para fazer carreira política.
As pessoas comentavam muito do apoio a Nelson Marchezan, da saida do PDT para o PT e tantas outras piadas de péssimo gosto.

Anônimo disse...

Pessoal a ficha limpa vem ai. Vai ter mulher em Mangaratiba que não poderá concorrer para vereadora.

Marcia Maralhas... Superando... disse...

Agradeço o carinho e a atenção dos amigos Lacerda e Leila. Acredito em mudança... mas, mudança baseada em valores respeitáveis, conscientes... É como em religião que para mim tão importante quanto dizer eu creio, é dizer eu sei!!!! Precisamos sim, começar a trabalhar esse voto feminino, e não estou pensando em me aproveitar disso não... continuo amando Mangaratiba e o povo daqui... Sejamos, pois, beija flores neste imenso incêndio criminoso que se tornou nossa cidade. Vamos combinar ações!!! Sou apenas uma coroa guria diante de tanta capacidade intelectual que vcs possuem... me proponho a organizar reuniões, mas, os mestres serão sempre vcs! MUDA MANGARATIBA!SUPERA TEU ESCÁRNIO E RESNACE DAS CINZAS ASSIM COMO A FÊNIX!

Marcia Maralhas... Superando... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
LACERDA disse...

Pisaram na bola.
Insinuaram que fui babaca apenas por expor uma verdade indiscutível. Não ofendi nem falei da vida particular de ninguém como fazem naquela repugnante confraria em que anônimos pusilânimes expõem toda a sua sordidez.
Falar da vida particular de quem quer que seja não fica bem neste humilde blog que se restringe somente ao direito inalienável de opinar sobre a vida pública de homens e mulheres públicos.

leila castro disse...

Lacerda,

Não te chamei de babaca. Pode acreditar que jamais faria isto.
Eu disse que EU PODERIA TAMBÉM SER BABACA se distorcesse os fatos da vida particular da Dilma como fazem com a de tantos outros, inclusive a Marina silva.
Falaria da vida particular dela, assim como faziam no sul, com expressões bem grosseiras.

Pense bem, quando não me sinto bem em suas postagens, eu simplesmente não comento em seu blog.
Se novamente não soube me expressar e escrevi no seu blog, apesar de não ler o seu somente, foi por sempre ter tido o maior respeito por você.

Tenho lido coisas muito feias em relação não só a ela, como da Dilma.

Só transcrevi e te expus meu ponto de vista quanto a questão que escrevíamos, repudiando justamente a parte preconceituosa dos fatos.

Peço que não interprete mal e sinta-se confortável em saber que se te achasse um babaca, não passaria nem os olhos em seu blog, que por diversas vezes já citei ser um dos melhores que leio.
Porém, já pedi por diversas que tentasse me conhecer e saber que não sou grosseira no espaço alheio.

LACERDA disse...

Leila,

Esse espaço é seu e faço questão de ter você aqui.
Desculpe se interpretei mal as suas palavras. Acontece.
Gostaria de conhecê-la sim. Você é que não quer ser conhecida por mim.
Até quando seremos almas gêmeas apenas virtuais?

Marcia Maralhas... Superando... disse...

rsrsrsrs pior é que é verdade... mas, penso que este casamento é espititual!!!!!!