Total de visualizações de página

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

SOU FÃ DE BLOGS

"Gosto tanto de ler, que vivo a caça de tudo que juntando letras, formem palavras, que formarão frases, que me transmitirão ideias, que afinal, me transformarão ou não.
Devoro livros, jornais e revistas, mas ultimamente,
minha paixão são os blogs. Sigo alguns, outros acompanho eventualmente.
Tenho meus preferidos e classifico-os em minha mente como bons, ótimos, dinâmicos, ruins e mortos. Os blogs que sigo, nem sempre são os que me fazem refletir, nem sempre são os que me fazem rir, que me fazem questionar ações e omissões do ser humano. Podem ser os que me causam reação de indignação aos comentários e ideias que querem vender, ou simplesmente por serem de uma tolice simplória por demais.
Meu preferido, é o blog de um amigo virtual que me faz pensar, me irrita em muitas ocasiões e que me possibilita retrucar aquilo que não comungo.
Porém, o mais importante deste blog, o que acrescentou em minha vida, foi a grata satisfação de sentir a presença de meus conflitos em meu semelhante e também no meu desigual.
Por isto, quero partilhar a oportunidade que me foi atirada pelos deuses da leitura aos que por acaso, passarem por meu blog.
Lacerda, você é o cara!"

A minha amiga virtual e alma gêmea - Leila Castro - lançou o seu blog - clique aqui - e logo falou do meu nesse maravilhoso texto acima. Leila, minha querida, só discordo da última frase: Lula é que é o cara.
Agora que você é também blogueira, eu imploro, não deixe de fazer seus inteligentes comentários em meu humilde blog. Vou me esforçar para fazer algo semelhante no seu.

2 comentários:

leila castro disse...

Você me achou!
Não tenho nem o que dizer. Só posso agradecer por você me deixar tão à vontade em seu blog.
Sabe o que me levou a fazer um blog?
Foi o seu recesso... Ficava angustiada quando abria seu blog e não tinha nada de novo, ia para os blogs mortos e nada, ia para os ruins e nada.
Já estava invadindo uns blogs de pessoas que me enlouqueciam e que nem assim, me estimulavam a um retorno. Blogs sem dinãmica e conteúdos que me faziam sentir gosto de "arroz passado".
Agora com sua volta, até estava esquecendo de escrever no meu e aí pensei: "Alguém vai ler e dizer que o meu blog é morto."
Escrevi algumas coisas e voltava para os meus preferidos.
Na verdade, o teu blog é o meu blog!

LACERDA disse...

Na verdade, foi meu filho quem te achou e me avisou hoje.
Por que ficaste na moita?
Agora, eu tenho dois blogs.