Total de visualizações de página

terça-feira, 17 de junho de 2014

O DESAGRAVO DAS MULHERES

A União Brasileira de Mulheres (UBM) - da minha amiga mangaratibense Shirley Berhends - repudiou a afronta da elite paulistana contra Dilma.
Sobre tal afronta, tive a decepção de ler o que escreveu uma mulher - mãe e avó - nos comentários deste blog: “Que coisa mais boba e superficial... Esse papo de ofensa a Dilma já está uma chatice”.
Se tivessem insultado a Os
marina ela se ofenderia, é claro. Também se ofenderia caso insultassem a ex-prefeita de Nova Friburgo. Mas deixa pra lá, vamos à nota de repúdio das mulheres livres e independentes da UBM

2 comentários:

Eduardo,o imbecil disse...

Mais nauseabundamente chapa branca que isto é impossível!Por que Ela não fez o tradicional discurso de abertura?Já sabia que vinha vaia,o que vem acontecendo em todo o Brasil.Por que o covarde do Lula não apareceu por lá?Quanto á baixarias,não conheço piores do que petistas estão fazendo com o presidente do Supremo,Joaquim Barbosa.Ofensa mesmo sairá das urnas em outubro.Outra coisa,melhor que Presidenta só mesmo Governanta...Desculpe, vou vomitar.....

Leila Castro disse...

Mas uma vez vou te dar IBOPE, Lacerda.

Quer sempre que sua opinião prevaleça. Lamentável isso, mas não vou te ofender por conta disso, afinal, não sou da elite paulistana e percebo que você deseja a polêmica. Uma vez, você me disse pessoalmente que nunca se decepciona, não se magoa...estranho você se decepcionar com o meu direito de não ser hipócrita em tentar passar uma indignação tão superficial e demagógica.

Releia suas postagens e perceba que sua grosseria é tão ofensiva quanto o VTNC cantado para a Presidente.

Outra coisa, não sou "cotista"... mulher, homem, criança, enfim o ser humano deve ser respeitado independente de seu gênero. Porém, não uso isto para criar constrangimentos para quem discorda de meu ponto de vista.

Infelizmente, para quem se diz politicamente incorreto, você está se mostrando um autêntico maniqueísta e bem pequeno...

Lamento mesmo, se te decepcionei, não te darei mas este "dissabor".

Abraços!