Total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

NO ME QUITE PAS...

Deixa de lado a tristeza,
Talvez, a razão venha logo dizer:
Por que esquecer todo o bem
E fazer tanto mal?
Pra que chorar
Se o pranto não vai ajudar?
Amor quando bate de frente,
A gente só tem que aprender a levar.
Nosso adeus outra vez se deu mal,
E o amor já mandou avisar
Que ainda não é o final.
A tempestade, meu bem, já passou
E não apagou a paixão.
Me virei pelo avesso,
Sei bem que mereço a lição...
Estou no bagaço,
Coração em pedaços,
Vim pedir teu perdão...
Dá um sorriso pra mim,
Num abraço diz que sim,
A vida é breve, é festa, é sonho,
É pra viver, não vamos ceder a vez.
Há um vazio tão carente de nós dois,
Desafio a gente deixa pra depois...
Me abraça, me cobre de beijos,
Faz o que desejo, quero ouvir teus ais
E “no me quite pas...”
Nosso caso é mesmo assim, é sem medida,
É amor que não tem fim, não tem saída.
Essa dor que dói em mim,
Já vieram me dizer: dói demais em você.
No me quit pas...

2 comentários:

valeria machado disse...

Nossa essa foto parece que é do Fabio.

LACERDA disse...

Sou eu mesmo aí pelos 25 anos.
Mas, acho que o comentário não pertence a esta postagem.