Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2011

LEILA

Há quase um ano, em 13/07/2010, escrevi aqui esta mensagem que vale a pena publicar hoje de novo:
“Ei-la aqui, essa mulher
Que mal-me-quer, que bem-me-quer,
Que sempre se irrita comigo...
Só quero ser seu amigo,
Não importa se ela é feia, se é bela.
Se é branca, negra – quem sabe? – amarela...
Nem sei se é mesmo mulher,
Não sei se existe sequer...
Mas, ei-la aqui, essa dama:
Mulher nobre, tem fama, requinte e opinião.
Tem também bom coração,
Demonstra ter sentimentos, cultura, bons argumentos,
Não sei se é mesmo mulher,
Nem sei se existe sequer...
Mas, eu a amo e admiro quando vem neste retiro discordar do que escrevo.

Eu reajo, sei que não devo; mas, é que eu sou de leão,
Um bicho bravo, brigão, e, quando quer, muito ordinário.
Quem será essa mulher, nem sei se existe sequer,
Só sei que ela é de aquário.”
Pois é, desde ontem, sou um dos privilegiados que teve a honra de conhecê-la.
Quando a vi, pela primeira vez, seu olhar discreto e seu jeitão retraído logo me fizeram desconfiar de quem fosse aquela mulher que, finalmente, me provava a sua existência.
Conversamos eu, um amigo comum e ela que pouco falava. Parecia que estava me avaliando como esse gatinho com a mão na boca. Ela sabia quem era eu e eu desconfiando de quem era ela dizia coisas que poderiam abalar suas convicções. Ela se mantinha imperturbável.
Nosso encontro durou cerca de dez minutos e nosso amigo comum somente me disse quem era ela na hora da despedida.
Apertamos as mãos e demos um tímido abraço. Ficou a promessa de um próximo encontro para ampliar nossa admiração mútua e compensar os desencontros virtuais. Este texto é para cobrar dela esse encontro.
Aos leitores comuns de nossos blogs, principalmente àqueles que sempre me perguntam quem é a Leila, eu afirmo agora: ela existe, sei quem ela é, onde ela mora, mas não digo.
Nem sob tortura.

5 comentários:

Anônimo disse...

Assim ela fica só no imaginário das pessoas.

leila castro disse...

Meu amigo,

Não vou desmarcar o próximo encontro.

Fiquei esta semana toda sem PC e pensando um pouco mais do que devia em tantos assuntos...

Esta semana vamos nos encontrar. Preciso mesmo trocar ideias que me ajudem a direcionar meu radicalismo...

Foi legal a cumplicidade de quem se entende bem.

LACERDA disse...

Anônimo,

Ela é exatamente como eu imaginava.

LACERDA disse...

Leila,

Como, quando, onde eu a verei de novo?

Marcia Olivieri... Superando... disse...

Viu, não sou eu! Amo minha amiga... gosto de tipo de pessoa que não mistura posições políticas com amizade sincera! espero que vcs se entendam bem!