Total de visualizações de página

sábado, 13 de novembro de 2010

SOCOOOOORRO!!!

A migração de criminosos dos morros cariocas onde foram implantadas as UPPs tem sido manchete dos jornais.
Moradores de diversas cidades da baixada – inclusive de Itaguaí – do norte e do sul fluminense, relatam a presença de “invasores” e o aumento da criminalidade. Segundo o noticiário, a violência explodiu em Friburgo e aumentou em Niterói e São Gonçalo.
Um jornal publicou o mapa que reproduzo aí em cima sobre essa migração bandida. Parece que eles passaram direto por Mangaratiba e foram para Angra dos Reis que tem população e PIB maiores que os nossos.
Mas, o mapa tem pelo menos uns três meses. Foi projetado bem antes que o nosso prefeito interino afirmasse que “Muitos pensam que vou investir ou intensificar a área da segurança, pois sou profissional da área. Mas não será assim. Como poderemos oferecer mais segurança se deixar de lado a educação e saúde, por exemplo?.”
Esta declaração inverossímel está no Jornal Atual online (aqui). Se os famigerados migrantes a leram, podem decidir parar por aqui e começar a agir.
Ou, talvez, resolvam voltar e se homiziar em Conceição de Jacareí que fica perto de Angra e na mesma distância para Muriqui.

8 comentários:

Paulo Fabricio disse...

Lacerda, esse tipo de pitaco não me preocupa. O que me preocupa é a situação do municipio nos proximos dias. Vamos analisar juntos o que esta ocorrendo: com a cassação do prefeito Aarão e do seu vice, no último dia 08 de outubro assumiu a chefia do Poder Executivo, o atual Presidente da Câmara de Vereadores, Sr. Edison Ramos,cujo mandato como Chefe do Poder Legislativo Municipal, terminará no próximo dia 1º de janeiro, quando deixará de ser o Chefe do Poder Legislativo Municipal e, conseqüentemente, deixará também a Chefia do Poder Executivo Municipal.

A Presidência da Casa Legislativa, a partir de 1º de janeiro próximo, caberá ao Vereador José Carlos Simões, vitorioso na eleição da Mesa Diretora ocorrida no último dia 02 de agosto, e que, em razão da provisória vacância dos cargos de Prefeito e Vice-Prefeito, imediatamente deverá ocupar, também interinamente, a Chefia do Poder Executivo até que novas eleições ocorram no municipio.

Isto, se o atual prefeito interino Edson permitir, pois é voz corrente na cidade, que ele já declarou que não pretende deixar o cargo naquela data, o que certamente irá desencadear novas ações judiciais visando fazê-lo transmitir o cargo ao novo presidente eleito.

E, assim, tentará se manter no cargo até a realização das eleições, quando espera ser eleito para cumpir o mandato até 2012.

Aí, a vaca torce o rabo.


juntamente com outros vereadores candidatos que como urubús farão tudo para,comerem a carniça de seu parceiro concorrera


Paulo Fabrício Nigro

leila castro disse...

Fabrício,

Tudo me preocupa! Tudo é também consequencia, mas torna-se causa que sedimenta a agonia da população.

Se o prefeito interino, tentar o "golpe de estado" municipal, a coisa não consegue ficar mais feia do que já está.

Enquanto metem os pés pelas mãos, a população vai tomando pancada e vai de certa forma espirrando para todos os lados.

Te dou como exemplo, a paralisação dos professores que já é um espirro, e que foi construído ao longo deste ano e culminou com o ato doentio e tresloucado do interino em vetar o aumento da classe.

Se alguns professores não tivessem, lá no começo do ano, iniciado um processo informal que foi até motivo de chacota de algumas pessoas que sabiam da "confraria", hoje não teríamos um pequeno movimento se formando.

Assim, irá acontecer com o restante da população, pois Mangaratiba está sofrendo um verdadeiro ataque de corsários e como se diz, "o que é um pum, para quem está todo borrado?"
Tenho fé que haverá algum tipo de reação!

E quanto a invasão dos oriundos da UPPs, nem precisamos atualizar o gráfico de migração. Já podemos sentir tudo isto, com assalto a banco, assalto a caminhão de cigarros, violências contra crianças em número assustador, tráfico de drogas "quase que oficializados", só faltando o alvará de licenciamento.

Amigos, terra sem lei, onde tudo se pode em nome da passividade da população, só tem como consequencia esta zona que virou Mangaratiba.

LACERDA disse...

Fabrício,

Suposições excêntricas, hipóteses extravagantes, conjecturas inadmissíveis como essas que você apresenta não me impressionam.
Recuso-me a dar crédito a previsões tão absurdas.
Reservo-me ao direito inalienável da crítica sóbria, consciente e responsável sobre a realidade municipal, sobre o que de fato está ocorrendo na região e sobre as insensatas declarações do prefeito interino que o jornal publicou.
Deixo para a tal voz corrente os "pitacos".

LACERDA disse...

Leila,

Você sabe muito bem que não é "pitaco" o que eu escrevo e sente-se também preocupada com o que vem ocorrendo em nossa região.
Gostei da ironia de tuas aspas no suposto "golpe de estado" municipal, tão inverossímel quanto as declarações do prefeito interino.

Fábio disse...

Já falei, cai fora.
Tão lançando um condomínio lá em Bangu, onde era a oficina do Américo.

Empreendimento Giardini Di Mônaco
Patrimóvel
3539-5011

Paulo Fabricio disse...

Pessoal, pitaco é o monte de coisas que se ouve no municipio sem fundamento. E´logico que me preocupa a situação do municipio, tanto é que enviei ao Desembargador Nametala Jorge, Presidente do TRE RJ, oficio no qual apresento nossa preocupação com o que esta acontecendo aqui.
Voces conhecem alguem que tenha feito o mesmo ou algo parecido. Que da a cara? Falar sem agir, nada adianta. Poucos são os que realmente fazem alguma coisa. SÓ DÃO PITACOS.
Leila, pode me dizer por que motivo os professores não iniciam uma greve de fato? Na proxima quarta feira os vereadores, que estão querendo arranjar votos para os vereadores candidatos ao mandato tampão, vão votar alguma coisa no campo da educação. Lutem pelos seus direitos. No proximo sabado vamos ter reunião do Conselho Municipal de Saude espero encontra-los. Abraços, Paulo Fabricio

leila castro disse...

Fabrício,

Quarta, dia 17/11, os professores farão uma paralisação para acompanhar a votação ao veto que o Edinho fez ao projeto de lei que ele mesmo aprovou e votou quando vereador.

A opção de não entrarem em greve está explicada na "carta aberta a população" que foi publicada lá no blog, o Peixe.

É complicado nesta altura do ano letivo, e prejudicaria AINDA mais os alunos da rede que já estão sofrendo as consequencias de uma Educação de ouro.... de tolo.

Seja meu leitor também, pois estou praticamente só postando a movimentação para esta paralisação.

Eu também dou "pitacos", mas também faço a minha parte e pode ter certeza que faço mais do que devia e menos do que queria.

marcia superando disse...

Lacerda, a cada dia que passa mais o admiro! Você é sim um crítico consciente... as vzs, apaixonado demais,mas, sempre consciente... Continue aqui... vc assim como a Leila, faz a diferença! Agora, quanto ao comentário infeliz do prefeito interino, penso ser fruto do despreparo para a função e o que é pior do boicote de uma equipe de comunicação e assessoria de gabinete, que apesar dos acontecimentos, está para defender o município e não o governante, deveria tê-lo preparado para as respostas... afinal, em minha pequenina opinião, quem caiu mais uma vez no ridículo, não foi só o governante,mas, os governados e o Município como um todo.