Total de visualizações de página

terça-feira, 6 de março de 2012

SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE COMBATE A POLUIÇÃO SONORA

“Os fiscais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente apreenderam 17 paredões de som (carros com som estridente e mala aberta) no último sábado, 325% a mais do que em igual dia do fim de semana anterior.  
Segundo informações da secretaria, o aumento se deve ao suporte da Polícia Militar aos agentes de fiscalização do órgão. Os fiscais da secretaria de meio ambiente não atuam armados, sendo assim, não havia a segurança necessária para realizar algumas abordagens.
Os donos foram autuados e as multas para liberação dos equipamentos variam entre R$ 849,00 a R$ 8.490,00, dependendo da reincidência do responsável.  Isso significa que a cada novo flagrante, dobra o valor da multa.
Na terça-feira (31), o secretário de meio ambiente se reuniu com o Comando de Policiamento da Capital para aumentar a fiscalização. “Nós conseguimos acertar com o comandante da Polícia Militar o aumento de efetivo e mobilizar todas as unidades da polícia”, afirmou o secretário.
Segundo a coordenadora da equipe de controle da poluição sonora da secretaria de meio ambiente, a punição pode ser ainda maior. “Se a pessoa for flagrada pela polícia, esse equipamento é levado para a delegacia e aí é aberto um processo criminal”, explicou.
Em uma das apreensões, no sábado, um homem chegou a fechar o porta-malas do carro para tentar despistar os agentes e a Polícia Militar, mas acabou sendo multado.
Segundo o comandante da PM, vai haver uma reunião com todos os comandos de batalhões e companhias. “Vamos determinar efetivos acompanhando as equipes da secretaria de meio ambiente em todos os bairros”, disse. Quem se sentir prejudicado por causa do som alto pode solicitar a fiscalização por telefone.
Os policiais estão sendo treinados para usar o decibelímetro, o aparelho que mede a intensidade do som. As rondas são realizadas normalmente à noite e nos fins de semana.”
Essa notícia, eu lambi hoje do G1. O fato aconteceu em Fortaleza e serve de exemplo para a nossa Secretaria Municipal de Meio Ambiente, já que a nossa Secretaria Municipal de Segurança não toma nenhuma providência. Nem o comando do destacamento da PMERJ, em Muriqui.
Abaixo, a mesma notícia em vídeo:

2 comentários:

leila castro disse...

Lacerda,
É dever de todo cidadão partilhar e distribuir graciosamente o conhecimento e a capacitação intelectual que recebeu ao longo da vida....

Sua postagem poderá contribuir para a melhora nos serviços públicos de Mangaratiba.

Por aqui ainda não tiveram a oportunidade de "ver" a luz.... ainda vivem sob o jugo da incapacidade, da arrogância ignorante que faz de nossos dias, longas noites traiçoeiras.

Já está batendo um desencanto geral em mim!

Anônimo disse...

Tem como mandar para o tal SEC.SEGURANÇA DR.OTAVIO SEILER,derepente ele aprenda um pouco ja que existe a lei proibindo esse tipo de som,e ele o OTAVIO SEILER é o unico tem tem o tal Decbeis em mãos e não faz nada (ou não sabe usar o aparelo ).eEu acho que o Cap.SIDNEI do DPO de muriqui deveria ver essa materia e ajudar tambem porque ate agora NADA FEZ QUANTO A ISTO,,sera que o comandante do 33 sabe alguma coisa PSIU PSIU Comandante ACORDA.