Total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

TORTURA

Quando aqueles jovens do morro da Providência foram entregues pelo tenente para traficantes do morro de São Carlos para serem torturados e assassinados, eu pensei que a tortura havia sido terceirizada.
Vejo, agora, que não. O jovem torturado por militares, em área do exército no Realengo, ficou com queimaduras em 70% do corpo e foi internado no Hospital da Força Aérea do Galeão (HFAG) em estado lastimável.

6 comentários:

HELINHO CHAVEIRO disse...

Amigo Lacerda tortura, quem a fez viva no povo brasileiro, foi o Figueiredo, quando concedeu a anistia e abertura. Que fique claro não sou contra, ao ato de Figueiredo, sou contra ao excesso de liberalismo. Faça um retrospecto (viaje no tempo, feche os olhos).
Caro amigo, que o regime militar cometeu muitos absurdos, atrocidades e coisas incomentáveis, sim, concordo porém a maior tortura que a sociedade brasileira sofre, é igual a diabetes, calada e avassaladora. É a chamada DEMOCRACIA, pois esta, é aplicada no Brasil a gosto de quem esta no poder.
Veja alguns exemplos: ao chegarem ao Brasil, os ex comunistas foram tratados como heróis, assumindo de logo poder, tivemos presidente civil, ainda eleito pelo chamado colégio eleitoral, que não assumiu, todos sabem da verdadeira face, que ao entrar na história é contada igual ao descobrimento de Brasil. ( ah! Pedro Alvares Cabral ...)
No poder os primeiros atos foram indenizações centenárias e milionárias aos "vitimados do regime militar", de lá pra cá, veja bem: o tráfico de drogas, o homicídio, o crime do colarinho branco, a impunidade, o roubo no futebol, a fraude no inss, presidente que não sabe de nada, governador que da feriado prejudicando o pleito eleitoral, o mensalão entre outras. porém a pior invenção pós militar é a chama CPI, esta só funcionou uma vês, a CPI da pedofilia em que um pastor pobre foi preso. (ilegalmente) melhor te digo: as favelas, para omitir a realidade eles chamam de "COMUNIDADE", e por fim encerro, dizendo: não sou defensor das milícias, mas a verdade seja dita, antes das milícias algumas comunidades eram ilhadas, sem direito a visita do carro do gás, entregas de móveis, cigarros e bebidas entre outras, os traficantes faziam o que queriam. o poder público nunca na história conseguiu parar o tráfico, mas a milícia sim, então o poder do estado parou a milícia. Ora meu amigo, a lei 11.343/06 (nova lei de drogas) da toda liberdade ao uso de drogas, pois usar droga não é mais crime. Ora amigo será que se o tráfico de drogas acabar, alguém terá prejuízo? Lacerda escreveria um livro a falar da tortura, pois a maior tortura, se sente não se comenta, é o dia-dia o desemprego, a corrupção, a fome, a voz calada do povo que só fala quando claramente manipulada, seja pela imprensa sensacionalista ou por grupos mal intencionados.

Lacerda disse...

Hélio,

Esse tipo de comparação é próprio de quem torturou. Nunca de quem sofreu essa coisa hedionda que é a tortura. A tortura é igual a diabetes? Que maravilha se fosse... Eu sou diabético e não sinto dor nem humilhação nenhuma. Agora comparar a tortura com a DEMOCRACIA? Pelo amor de Deus, essa foi demais.

HELINHO CHAVEIRO disse...

Lacerda,

Quais os brasileiros, já tiveram a oportunidade de ver e sentir a fome!

Quais os brasileiros, tiveram a oportunidade de estar desempregados!

E você já sentiu fome, e disse: esta na hora do meu almoço!

A tortura esta exatamente, quando um chefe de família vê seu filho, raquítico, faminto, morrendo por falta de alimentação e não sabe onde encontrar a solução.

Quando levanta ainda madrugada e sai em busca do emprego, trabalho, biscate ou outra denominação, e ao entardecer volta com as mãos abanando sem coragem de dizer a família que de barriga colada, aguarda faminta a volta do chefe, que de olhar profundo e triste confessa que fracassou de novo.

Tortura é não dividir é não estender a mão é o principe viajar para Arábia Saudita, se hospedar no hotel mais caro do mundo enquanto seu povo passa fome. Temos tantas definições!

Registre-se, sou contra a falsa democracia sou contra o liberalismo excessivo ou melhor, o faz de conta que somos democratas, há de se falar em democracia se o voto é obrigatório.
Muitos falam em democracia e não sabem o que é, e a confundem com o direito de fazer o que quiser fazer.
A exemplo o jovem, que pulou no quartel, para usar droga. provavelmente ele pensou: "vou usar meu direito a democracia e vou usar droga, aonde eu bem entender", por outro lado os soldados podem ter pensado: "vamos dar porrada, não da em nada mesmo.
A impunidade brasileira é que é a verdadeira tortura. Enquanto uns morrem de fome outros viajam o mundo com o dinheiro público. Pois quando comparei a democracia ao diabete estava apenas tentando mostrar, que democracia no Brasil não existe é uma invenção de gestores maus intencionados
Pois que se entenda! a definição mais simples da democracia é: Governo do povo para o povo é RESPEITAR A VONTADE DA MAIORIA, NÃO É O DIREITO DE FAZER OU NÃO FAZER O QUE QUIZER, MAIS SIM RESPEITAR O DIREITO ALHEIO, POIS O DIREITO ALHEIO ESTA ESCRITO EM LEIS, ESTAS TRANSCRITA DE ACORDO COM A VONTADE DO POVO. democracia é respeitar as normas constitucionais vigentes.

Lacerda disse...

De fome, eu entendo e sei falar. Já passei por ela. Mas, leia o meu texto sobre a fome que postei em maio.
Quanto a empregos, leia a minha postagem deste mês intitulada "DEU EM O GLOBO".
Você já ouviu falar, mas não sabe, nem imagina o que é a tortura.
Eu sei.

HELINHO CHAVEIRO disse...

Lacerda,

Realmente, temos posições divergentes em realação a tortura.
Vamos deixar a corrente majorítária decidir, e como bons democratas que somos vamos respeitala.

CORRENTE MAJORITÁRIA: SERÁ QUE É O SENSSACIONALISMO DA MÍDIA, COM OBJETIVO DE MANIPULAÇÃO EM MASSA, A FIM DE ATENTENDER INTERESSE PRÓPRIO?

Anônimo disse...

Putz, sem comentários...