Total de visualizações de página

segunda-feira, 28 de junho de 2010

FUTEBOL

QUE BONITO É...

A importância do futebol no mundo pode ser medida pelo número de países membros da FIFA (208) e da ONU (192). A FIFA existe para, através do futebol, unir os povos e promover a paz no mundo, e consegue. A ONU existe para evitar as guerras, jamais conseguiu.
A cada quatro anos, porém, a FIFA promove uma guerra entre 32 países. É o maior evento mundial que envolve emocionalmente bilhões de pessoas em todo o planeta. Seja rico, seja pobre, seja intelectual ou analfabeto, sem distinção de cor, de raça, de sexo, de religião, de ideologia, ficam todos ligados na mesma emoção dessa guerra sem derramamento de sangue.
Uma guerra em que não há derrotados. Todos são vencedores porque participaram. Chegaram ao seu limite físico e emocional dentro e fora do campo. Ganham os povos e os países, sejam participantes ou não.
Que bonito é... a paixão pelo futebol.
Que bonito é... ver as lágrimas de alegria e de tristeza ao final cada partida.
Que bonito é... ver aqueles meninos carentes e malnutridos transformados em gigantes a defender as cores de sua seleção.
São todos milionários, sim. E daí? Merecem muito mais pelo talento que Deus lhes deu. Pelo orgulho, alegria e felicidade que proporcionam aos seus torcedores.
Não haverá dinheiro que pague o contentamento que o povo brasileiro sentirá se formos hexacampeões do mundo.
Como diz a FIFA, “o futebol é uma ferramenta para o desenvolvimento social e humano, fortalecendo o trabalho de diversas iniciativas em todo o mundo no auxílio às comunidades no que diz respeito à pacificação, saúde, integração social, educação e muito mais.”
Sabem porque estou dizendo isso? Porque fui chamado de babaca, ignorante, otário, imbecil, em um texto sobre os amantes do futebol que li em um “blog”. Dizia, também, o texto que os filhos dos filhos dos meus filhos seriam os babacas do futuro.
Ler tamanha insensatez ainda é melhor do que ser analfabeto.
Não sei se fico indignado com tanta mediocridade ou se sinto pena da frustração que o “blogueiro” carrega pela vida por nunca ter ganho uma bola de presente quando aprendeu a andar. Um frustrado que jamais disputou uma "pelada" com os garotos da outra rua.
Um pobre coitado com trauma de infância que não sabe o que é a paixão por essa força unificadora cujas virtudes realizam uma importante contribuição à sociedade e à paz mundial.

5 comentários:

leila castro disse...

Amigo,

Eu sei que texto é este que você ficou indignado.
Penso que é só uma opinião de alguém que por méritos próprios, conseguiu transpor algumas ou muitas dificuldades que a vida ofereceu.
Eu acompanho este blog e vejo o perfil do blogueiro, com alguma simpatia, pois dá para perceber o quanto se esforça em aprender independente de sua escolaridade, idade e vivências bem sofridas.
Talvez sua percepção esteja correta e, creio que o blogueiro pode de fato não ter tido a oportunidade de ganhar uma bola e poder fazer de infância um bonito leque de opções.

As afirmações dele podem ser um discurso reproduzido de alguém que, por motivos diferentes dos dele, tenha sido assimilado como coerente.

Este discurso contra o futebol "veste" melhor os falsos "bichos cabeça" que durante a infância e a adolescência se viram privados de serem somente crianças, pois seus status não permitiam a molecagem, a mistura e união de pessoas em classes sociais diferentes.

O que lemos no texto do blogueiro aprendiz, já escutei em rodas de "alto nível" social e intelectual.

Foi só uma opinião que não modificará um milímetro da paixão, que o Brasil sente pelo futebol.

LACERDA disse...

Sim, tudo bem. Mas, não posso calar minha revolta quando me sinto ofendido.

Anônimo disse...

GRANDE LACERDA!!
ENTENDO PERFEITAMENTE A SUA RAIVA, COMO TB ENTENDO A OPINIÃO DE LEILA...NA VERDADE, O BRASIL PODE ATÉ SER UMA NAÇÃO QUE RESPIRA FUTEBOL, COMO TAMBEM O NOSSO MUNICÍPIO. MAIS INFELIZMENTE É UM ESPORTE QUE VIVE DA MISÉRIA DO POVO, COMO TB O CARNAVAL E SUAS LINDAS ESCOLAS DE SAMBA.NA ULTIMA COPA DO MUNDO, CASO A AMIGO NÃO LEMBRE!! UM ILUSTRE JOGADOR DA FRANÇA, DANDO UMA ENTREVISTA COLETIVA FALOU QUE NOSSAS CRIANÇAS ERAM MUITO HABILIDOSAS COM BOLA, POIS NÃO FREQUENTAVAM A ESCOLA ..LAMENTÁVEL E TRISTE A IMAGEM QUE OUTROS PAÍSES TEÊM DO BRASIL...É JUSTAMENTE NESSE PONTO E NESSE FOCO, QUE EU REPUDIO E DETESTO FUTEBOL.POIS ENQUANTO MILHARES ESTÃO RINDO, FAZENDO SEU CHURRASCO, TOMANDO SUA CERVEJA E FESTEJANDO.O BRASIL CONTINUA NA MESMA!!COM DESIGUALDADE SOCIAL, UMA POLÍTICA PÚBLICA NOJENTA, FOME, UM SISTEMA EDUCACIONAL MEDONHO, ENFIM!!!SEMPRE MASCARANDO UM PROBLEMA COM O OUTRO..A COPA DO MUNDO, AJUDA A FECHAR OS OLHOS DOS BRASILEIRO!! PARA AS ENCHENTES QUE ESTÃO ACONTECENDO NO BRASIL, PARA AS FALCATRUAS DE NOSSOS GOVERNANTES, PARA O TRAFICO DE DROGAS....LAMENTÁVEL MESMO!!
MAS NO FUNDO EU TB GOSTO DE FUTEBOL, PODERIA ATÉ GOSTAR MAIS..MAIS ESTA BOM!!!!RUMO AO HEXA!!!RSRSRS

LACERDA disse...

Pô! O que é que tem o cu com as calças?
Enchentes acontecem até na China. Chile e Haiti tem terremotos. Nos EEUU ocorrem furacões como o Katrina.
Você que ama e odeia o futebol parece fazer parte daqueles 3% incapazes de ver as mudanças que estão ocorrendo em nosso país e não acreditam no respeito que, atualmente, o mundo tem pelo Brasil.
E por falar em francês, nos últimos anos, no Brasil, uma França inteira saiu da pobreza e, hoje, tranforma a nossa economia em uma das mais pujantes do planeta.
E, olha - "prestatenção" - vem aí o pleno emprego.

Anônimo disse...

Tive reunião hoje com diretores do Banco Central, com olhos brilhando e sorriso infantil, demonstrando confiança e alegria ao apostar que mantido o rumo atual de crescimento, teremos um país absolutamente novo em 10 anos.