Total de visualizações de página

domingo, 24 de maio de 2009

TATUAGENS E PICHAÇÕES



Fui apresentado a uma pessoa com horrível tatuagem escura no antebraço. Apertei-lhe a mão e disse: “Cara, você está com o braço todo sujo”.
Ele se ofendeu, fechou a cara e não quis mais falar comigo. Agradeci a consideração. Eu posso até perder um amigo, mas não perco a piada.
Pra mim, tatuagem é pichação do corpo. Eu não entendo como uma criatura em sã consciência pode enfrentar várias sessões de dor e sacrifício para pichar o próprio corpo, correndo o risco de adquirir doenças graves. Até entendo as pichações de muros e prédios. É uma aventura inconsequente de jovens mal educados. Esses têm cura, o tatuado não.
Na idade média, a igreja católica afirmava que a tatuagem era coisa do demônio. Não chego a tanto – nem acredito na existência do demônio – mas, que é uma coisa marginal, é. Se fosse algo divino, os bebês já nasceriam todos bordadinhos e coloridos.
Na Inglaterra, o governo adotou a tatuagem como forma de identificação de criminosos. Também, não chego a tanto. Nem todo tatuado é bandido, mas que todo bandido é tatuado, é. O mesmo ocorre com as prostitutas. Tenho todo o respeito por elas e não estou comparando-as com bandidos. Mas, todas elas são tatuadas e nem todas as tatuadas são prostitutas. Estamos seguindo o exemplo de bandidos e prostitutas?
Na guerra, os soldados gravavam o nome de sua amada em seus corpos. Quando voltavam, anos depois, viam que a pessoa amada já estava sob outra direção e não merecia aquilo. O mesmo acontece atualmente, homens e mulheres gravam no corpo o nome de seus amados e depois se arrependem. Se conseguem apagar a tatuagem fica uma cicatriz pior ainda.
O filho de um amigo passou em concurso para a polícia civil e não foi aceito devido à tatuagem no braço. Para eliminá-la teve que retirar grande parte da pele. Um outro amigo - vou chamá-lo de X - depois de velho, fez uma enorme tatuagem no braço. Ele que me perdoe por esse texto.
Por quais motivos inconfessáveis se fazem tatuagens? Será a tatuagem uma tentativa frustrada de ornamentar – com extremo mau gosto - o corpo de quem não está satisfeito consigo próprio? O que, afinal, querem demonstrar os tatuados? Que são piores que os outros?
Aqueles lá em cima nas fotos demonstram apenas a sua debilidade mental, a sua estultice.
Tenho preconceito, sim, e quero distância de indivíduos que se picham. Mas, não daqueles que conheci antes da pichação. Inclusive o meu amigo X que eu desafio a fazer uma defesa da tatuagem e dos tatuados.

Um comentário:

Anônimo disse...

nossa, só li merda, te acho um lixo só por esse seu pensamentinho preconceituoso. acho q vc devia é dar a bunda