Total de visualizações de página

sábado, 14 de janeiro de 2012

PICCIANI E A ELEIÇÃO MUNICIPAL

Juro por tudo quanto é mais sagrado que eu não queria escrever sobre isso. Mas eu não consigo me conter, mesmo sabendo que alguns podem não gostar. Principalmente, aqueles que se arvoram candidatos e/ou colocam palavras na boca do Picciani com o único objetivo de se manter em evidência.
Acontece que, mesmo cometendo erros premonitórios, a minha essência cigana adora prever os acontecimentos.
Não é uma certeza como a premiação do samba-enredo da Portela. Porém, o que vou dizer não deixa de ser uma advertência sobre o que é possível acontecer em 2012. Que além de possível, é provável que aconteça;
Sábado passado, O Dia publicou uma entrevista com o garoto que vendia cocadas em Anchieta e que, hoje, exerce todo o poder sobre o PMDB fluminense.
 Picciani, conhecido no meio político como homem de palavra, falou de seus candidatos em Paraty, Angra, Paracambi, Quissamã, Macaé, Maricá, Mesquita, Belford Roxo, e afirmou: ‘Todo mundo quer ser candidato, mas quando se faz acordo tem que valer”.
Disse que espera vencer a eleição para a prefeitura em 45 municípios e que só falta combinar com o eleitor. Não abordou o caso de Mangaratiba, nem foi muito esclarecedor, mas deu uma dica. E pra quem sabe ler, um pingo é letra.
“Nossa relação com o PSD no Rio é quase umbilical. Fizemos um acordo político que vale para 2012 e 2014 com o Kassab (presidente nacional do PSD), com o Indio da Costa (presidente estadual do PSD no Rio) e com o deputado André Corrêa (secretário-geral do partido no Rio e líder do governo na Assembleia Legislativa)... Nós fizemos um acordo de os partidos ficarem juntos” – afirmou Picciani.
Na minha humilde e imparcial opinião, isto significa que em retribuição ao apoio do PSD à reeleição do prefeito Eduardo Paes, o PMDB vai apoiar os candidatos à reeleição pelo PSD onde este partido for mais forte.
Devem ser muito poucos, nem sei quantos. Mais candidatos fortes à reeleição terá o PMDB para ser apoiado pelo PSD, atualmente o segundo maior partido na Assembléia Legislativa.
Desta forma, em Mangaratiba, o PMDB terá que se coligar com o PSD e apoiar a reeleição do Capixaba.
“Os vereadores que quiserem apoiar adversários, eu vou cortar legenda. Respeito as manifestações, mas depois de bater a convenção, todos, desde os generais aos soldados, estarão condicionados” – afirmou Picciani em tom ameaçador.
Sendo assim, a reeleição do Capixaba é inevitável apesar das comentadas deficiências. Não foi à toa que ele mudou de partido.
Se eu fosse o Zé Luiz, topava ser o vice dele para ser o prefeito daí a quatro anos

6 comentários:

leila castro disse...

Isto é fato!

Em Outubro até postei sobre isto.."PSD e PMDB tudo a ver".

É uma baita saia justa na política local que faz com que a população seja acometida do Mal de Alzheimer.

Anônimo disse...

gnolMas que país é esse, que país é esse!!! Aguenta Mangaratiba que terá empurrado de goela à dentro a desesperança.

Anônimo disse...

A democracia é assim, à força ou por livre e espontânea pressão. Que responda o povo !!!

MOITA disse...

bom dia, não posso deixar de dar minha opinião. caros amigos isso tudo é tenebroso, mais como um time de futebol que é formado por craques na teoria é uma coisa e na pratica é outra, é um fracasso, lembram desse time do flamengo(SAVIO, ROMARIO E EDIMUNDO)FOI O PIOR ATAQUE DO MUNDO.por isso que,chegar a dizer que é garantida a reeleição do capixaba é muito pesado.outra, quem vota não é o povo? e pode ter certeza de que esse cara pode ter o apoio que quiser ele não ganha. se tiver so ele de candidato o povo vota nulo. fora capixaba!

SeveroRjsambaVivenciaCostaVerde disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SeveroRjsambaVivenciaCostaVerde disse...

Eu conheço as atividades do Lacerda desde o início das campanhas políticas do Ver Jorge Felipe, do ver/dep André luiz e da dep Eliane Ribeiro trata-se duma verdadeira águia em matéria de visão política, e está sempre antenadíssimo nos acontecimentos. VEM MUDANÇAS DE OPINIÕES POR AÍ !
TOMARA QUE SEJA PARA MELHOR ! ! !