Total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

CAPITÃO NASCIMENTO

Conheci pessoalmente o Ten. Vinícius, o novo comandante do DPO de Muriqui. Estivemos juntos com o Maurício e os Cb. Davis e Rafael.
Quando lhe fui apresentado, falei: Tu és a cara do Capitão Nascimento.
E ele me respondeu: “Já me disseram isso.”
Falamos da desordem ocorrida na orla, em frente ao Lions, no sábado, dia 1º, com sexo, drogas e funk ponográfico em altíssimo volume, até alta madrugada. Falamos das nossas mazelas, da poluição sonora dos carros de mala aberta e do duelo de decibéis entre os quiosques 14 e 15, dos nossos delinqüentes domésticos, das constantes transferências de bons policiais que são mantidos por muito pouco tempo entre nós.
O Tenente nos asseverou de sua determinação em impor a paz e a ordem e zelar pela segurança da comunidade. Assegurou que colocaria uma viatura de prontidão no local da baderna funkeira durante toda a noite e a madrugada do próximo final de semana.
Cheguei à conclusão de que oTenente não somente se parece com o Capitão Nascimento, ele tem também a determinação daquele personagem do “Tropa de Elite 1 e 2”. Colocou não apenas uma, mas duas viaturas de prontidão, e espantou os imbecis funkeiros que perturbavam a vida dos moradores adjacentes ao Lions.
A comunidade local pôde dormir tranqüila.
Que seja sempre assim Tenente. Afinal, de que serve o poder se não for para ser exercido com rigor e em benefício da maioria pacífica de Muriqui?

12 comentários:

leila castro disse...

Tomra que ele só se "pareça" com o Capitão Nascimento no Tropa de Elite 2.

No 1 o cara era muito sinistro, rompia as normas da boa conduta, estabelecendo justamente aquilo que eu temo, que é a justiça à partir de conceitos pessoais e não em acordo a lei.

LACERDA disse...

Leila,

Como dizia aquele velho "deitado", quem não deve, não teme.
A tolerância com a intolerância é pura covardia.
Atualmente, o policial que é acusado - quase sempre injustamente - de infringir a Lei está sendo punido rigorosamente.
Quem está fazendo justiça a partir de conceitos pessoais são os mandriões do judiciário que não prestigiam o trabalho da polícia.

leila castro disse...

Lacerda, menos, menos....

Em todas as instituições temos os bons e os maus profissionais. A situação não é tão simplista assim.... Acho que vc está em outro universo, pois ser crítica muitas vezes é colaborar para que o bom trabalho não seja manchado por alguns poucos bandidos que se valem do corporativismo para a prática de sua bagagem pessoal, que por vezes não é condizente com as Leis.

E esta história de que quem não deve não teme, é fora da realidade...pois se assim o fosse, a instituição não precisaria temer nada, nem o judiciário....não é mesmo?

LACERDA disse...

Leila,

Não costumo discutir sobre o óbvio
e quando conheço alguém, faço como um professor que tive no secundário: na prova oral, ele dava um dez logo de cara e, depois, quando o aluno errava as respostas, ele ia tirando pontos até a nota zero.
Dou um dez ao Tenente e não fica muito bem fazer-lhe restrições preconcebidas.
E quem sou eu que tanto corri da polícia para dar-lhe conselhos.
A enérgica ação do Tenente à frente da Operação Lei Seca, seu passado sem mácula é uma garantia de que não devemos temê-lo.
O corporativismo é uma deformidade moral somente quando exercido em detrimento do interesse público.
E, se existem bandidos na policia, tenho absoluta certeza de que o Tenente não é um deles.

leila castro disse...

Lacerda,

Você sabe que não disse isto!
Como você citou seu professor e um velho ditado, também o faço agora, gato escaldado deverIA temer água fria.... e lembrando um professor, desconfie de todo aluno nota dez, pois com toda certeza ou a prova estava fácil demais ou aluno esperto demais.....

Quantas situações já vivemos aqui que para alguns é um desencanto só?
Lembra-se do choque de ordem?

Em nenhum momento duvidei do tenente, só escrevi o que temo....

LACERDA disse...

Leila,

Você não disse, mas a insinuação é o que fica latente em seus comentários aqui e na outra postagem sobre o Tenente.

Anônimo disse...

Com certeza o Ten.VINICIUS,mostrou que veio para moralizar e nos moradores tinhamos que dar as mãos para que ele fique.Pois e uma pessoa honesta e muito educada,e fez o que prometeu não teve FUNK nem bagunça no sabado.Etudo que estiver dentro da lei ele ira cumprir.So peço a deus que com a mudança do Coronel ele não tenha que sair,seria um desgraça para aqueles que querem a PAZ EM MURIQUI,vou usar uma frase de um amigo PRA CIMA DELES TEN VINICIUS( CAPITÃO NASCIMENTO).Vamos ajudar a quem quer nos ajudar,deixem ele trabalhar o resultado esta chegando esperem.Obrigado Ten.VINICIUS que deus lhe proteja

leila castro disse...

Amigo,
pare de colocar palavras em minhas mãos.... você sabe que se tivesse que escrever algo que fosse contra o tenente, eu o faria.

Já discuti com delegado em seu blog, já discuti com assessor de imprensa em seu blog e de fato faria com o tenente.

Só que quem não quer entender é você, pois fica afirmando o que não foi escrito.

Temer algo que a experiência diz que pode nos causar transtornos, não siginifica que acuso o tenente de alguma coisa irregular.

O temor que tenho são os excessos e esta carência que a população tem de segurança que a leva a clamar por soluções que por vezes não são apropriadas.

Entendeu agora? Mais que isto, só se você estivesse colaborando com sua inteligência e não com a intransigência.

Amadeu disse...

Gostaria de dar meu depoimento,pois moro aqui ao lado no predio aonde nem dormir nos podemos por causa do FUNK e outras coisas,mais neste sabado não havia nenhum carro aqui pois eu olhei da minha janela e tinha um carro da policia parado a noite inteira então o Ten. Vinicius cumpriu o que voce disse.Desde ja muito obrigado ao Ten. e por favor continue fazendo isso muito obrigado.

LACERDA disse...

O testemunho de quem mora lá confirma a nossa postagem.
Tô com o Tenente e não abro.

Anônimo disse...

Caro Lacerda nesta sabado dia 29/10 a area do FUNK era um Paiol de polvora preste a explodir,mais com a ordem do Ten VINICIUS duas viaturas ficaram parada la para mão ter bagunça e o Ten. ORTEGA tambem agiu e muito bem,a equipe do Sgt.ITALO,estava presente a noite toda e graçã a deus o paiol não estourou .E agora com a saida do TEn.Vinicius como vai ser e triste.Esta semana pegaram roubando um quiosque e prenderam o bom rapaz,mais ele morreu na delegacia,porque o ladrão de muriqui não faz\ o mesmo,que peninha,mais o bicho ta pegando CIMA DELES

LACERDA disse...

No sábado, dia 5, quem estava lá era eu. A turba ignara à espera dos carros de funkeiros.
Um carro da PMERJ chegou às 23 horas e estacionou em frente ao bar verdinho. Somente saiu à 1h30m quando chegou outro carro para substituí-lo.
Até as duas horas quando lá fiquei, a PMERJ continuou estacionada no local.
Não houve funk, os moradores puderam dormir tranquilos.
Salve o TEN Ortega que está no comando do DPO e tem a mesma determinação do ex-comandante.