Total de visualizações de página

sábado, 18 de junho de 2011

REPELENTES MASCULINOS

Há os internos e os externos. Destes, podemos citar como principais a tatuagem e o piercing.
Não entendo como uma mulher bonita, que chama a atenção por sua beleza, pode tentar se enfear com tatuagens. Somente quem pode gostar disso são outras mulheres e homens tatuados. É bom lembrar que todo bandido é tatuado
Sim, nem todo tatuado é bandido. Mas, é bom sair de perto, pois é grande a chance de ele ser, pelo menos, um viciado, um sórdido machista, um funkeiro, um vândalo pichador ou um assaltante em princípio de carreira.
Como reagirá uma família decente se a filha levar para casa um cara todo tatuado. Não vai ficar satisfeita.
E o piercing? Há garotas, também bonitas, que o colocam no nariz, na orelha, em um dos lábios e na sobrancelha. Não dá para acariciá-las, o beijo fica complicado. O cara fica com medo de rasgar-lhe a face se conseguir excitar-se mesmo diante deste repelente.
Outros repelentes masculinos externos são: silicone excessivo, falar alto, cabelo nas axilas, o tipo de vestimenta, a maquiagem, o corte e a pintura do cabelo.
Felizmente, quase não se vê mais cabelo nas axilas femininas. Quanto à aparência, é dureza sair com alguém vestindo uma mini-saia listrada, um blusinha estampada, botas até o joelho, cabelo quase vermelho tipo maria-chiquinha, boca e unhas pintadas de rosa-choque. Nada de romance e lugares públicos. Para não perder a viagem, é melhor levá-la direto pro motel. E não pode haver replay do encontro.
É só no motel que podemos conhecer os repelentes masculinos internos. O cara se encanta com a moça que fala baixinho, se veste bem, pinta-se com dignidade, não tem tatuagens nem piercings visíveis, axilas lisinhas, mas quando chega ao motel...
Ele logo descobre um piercing no bico dos seios quando não o vê em local ainda menos apropriado. Excesso de silicone mal colocado. Tatuagem enorme e sem qualquer sentido nas costas, quase na bunda. E, pior, pentelhos em abundância. Um espaço repleto deles que invadem as virilhas e seguem até quase o umbigo. É broxante e, também, claro, não haverá replay.
Depois as mulheres reclamam que os homens não querem um compromisso mais sério, que só pensam naquilo e não passam do primeiro encontro.

N.L.: não é preciso nem haver todo esse conjunto de repelentes para afugentar um homem decente. Às vezes, basta apenas um deles.

3 comentários:

leila castro disse...

O que é isso?!!!!????!!!!
Eu ando tão democrática, com avaliações tão modernas de meus conceitos e lá vem você com este empurrão em meus preconceitos....

LACERDA disse...

Não entendi.

leila castro disse...

Desculpe!!!!!!!!!


É que ando tentando entender as motivações das opções dos outros, com muito mais abertura do que tinha antes.
Então, tenho tentado não rotular nada, nem ninguém, por esteriótipos apresentados.

Tudo que você comentou como repelentes masculinos, posso até achar que estéticamente é feio, mas não penso que os tatuados ou os piercings irão nos dar o perfil do usuário....

Sabe, tenho visto coisas muito estranhas em relação ao mau caráter e as opções bandidas de tantas senhoras bonitinhas, senhores arrumadinhos e jovens que nos lembram "Bonitinha, mas ordinária", transitando em todos os níveis sociais e sentando o pau nos esteriotipados representantes da bandidagem.

Eu estou fazendo de tudo para não rotular nada, ou ninguém... quero jogar fora todos os meus preconceitos.