Total de visualizações de página

domingo, 13 de março de 2011

NOVELAS

Não acompanho novelas desde “Roque Santeiro”, “Bandeira 2”, “O Bem Amado” e “Saramandaia”. Todas elas de Dias Gomes.
Agora, voltarei a acompanhar uma nova novela que o SBT vai lançar. Nesta, eu duvido que haverá amantes que não sabem que são irmãos, núcleo rico mau e núcleo pobre bom que sempre se encontram, crimes que podem ter sido cometidos por qualquer um dos personagens, cenas piégas de casamentos, mocinhas ridiculamente sentimentais, pequeninas vilanias e outras baboseiras.
Essa nova novela do SBT terá vilões de fato: a ditadura militar e os torturadores.
O período negro entre 1964 e 1980 será mostrado para aqueles com menos de 40 anos e para os desmemoriados saudosos do holocausto que suportamos. Os jovens de hoje têm obrigação de assistir ao sacrifício dos jovens heróicos que morreram lutando pela volta da democracia.

Esta novela é lançada no momento em que a Dilma envia ao Congresso Nacional o projeto de lei sobre a implantação da Comissão Nacional da Verdade.
Novela e Comissão serão um resgate histórico daquele vergonhoso período que não podemos esquecer para não repetir-se jamais.
Abaixo, cenas fortes da novela que alguns generais de pijama tentarão retirar do ar e que vão deixar loucos os bolsonaros.

3 comentários:

leila castro disse...

Lacerda,

Fico impressionada como estou alienada. Eu nem sabia desta novela!
Vou tentar acompanhar.

Pensando XXI disse...

Pô, pai, vc é foda!
Abri o Globonline agora e tá lá: Muricy pede demissão e está fora do Fluminense.
Quando li sua postagem "Muricy subiu no telhado", achei que era maior bola fora sua. Mas vc tinha razão mais uma vez. Vai acertar assim lá longe, sô!!!

LACERDA disse...

Não foi profecia não, filho.
É a experiência de quem conhece o futebol por dentro.
Você agora verá um novo Fluminense motivado e competitivo.