Total de visualizações de página

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

WIKILEAKS

Wiki - pronuncia-se uíqui ou víqui – é uma coleção de documentos em hipertextos. Leak – pronuncia-se líki - significa vazamento. Wikileaks é, portanto, uma coleção de documentos vazados ou obtidos de forma não oficial. Geralmente são documentos secretos.
WikiLeaks é um site anarquista e libertário que divulga documentos secretos há anos, mas ganhou destaque internacional este ano, com três vazamentos.
No primeiro, publicou um vídeo confidencial, feito por um helicóptero americano, que mostra um ataque contra dois funcionários da agência de notícias Reuters e outros civis. O segundo tornou públicos 77 mil arquivos secretos americanos sobre a guerra do Afeganistão. O terceiro divulgou mais 400 mil arquivos expondo ataques, detenções e interrogatórios no Iraque.
Cerca de 250 mil documentos diplomáticos confidenciais do Departamento de Estado dos EUA foram divulgados pelo site WikiLeaks. Revelaram detalhes secretos da política externa americana entre dezembro de 1966 e fevereiro deste ano. São 251.288 documentos enviados por 274 embaixadas em todo o mundo, inclusive no Brasil.
Exemplos:
1. O rei Abdullah, da Arábia Saudita, repetidamente pediu aos EUA para atacar o Irã e destruir seu programa nuclear, além de ter aconselhado Washington a "cortar a cabeça da cobra" enquanto ainda havia tempo
2. Diplomatas americanos barganharam com outros países para ajudar a esvaziar a prisão de Guantánamo, realocando detentos. Por exemplo, foi pedido que a Eslovênia aceitasse um prisioneiro se quisesse agendar um encontro com o presidente Barack Obama. A República de Kiribati recebeu oferta de milhões de dólares de incentivos para aceitar detentos muçulmanos chineses. Em outro caso, aceitar mais presos foi descrito como "uma forma de baixo custo para a Bélgica alcançar proeminência na Europa". O presidente Lula não aceitou receber prisioneiros de Guantánamo no Brasil.
3. Os Estados Unidos pediram em março de 2008, um mês antes da última eleição presidencial paraguaia, informações detalhadas sobre os candidatos que incluíam "dados biométricos, incluindo impressões digitais, imagens faciais e dados para reconhecimento da íris, e DNA".
4. O Ministro da Defesa Nelson Jobim confirmou um boato anterior segundo o qual Evo Morales – presidente da Bolívia - estaria com um tumor no nariz. Jobim disse ao embaixador americano que Lula convidou Morales a fazer exames e tratamento em um hospital de São Paulo. Fofoqueiro, Jobim, que esteve presente ao encontro entre Lula e Morales, comentou que o tumor talvez explique por que Morales pareceu desconcentrado e não estava como costuma ser nesse encontro e em outras reuniões recentes.
A Folha de São Paulo é uma das sete publicações no mundo que têm acesso aos vazamentos antes que sejam divulgados no site. O jornal teve acesso aos 2.903 documentos que mencionam o Brasil e foram produzidos aqui ou no Departamento de Estado americano, em Washington. Alguns podem ser lidos em português, outros em inglês aqui.
WikiLeaks é exemplar para demonstrar a importância da internet, dos sites e dos blogs, na comunicação e difusão de informações que a imprensa não publica. Jornais de todo o mundo curvaram-se em reverência ao australiano que criou o site e, hoje, está preso na Inglaterra.

Minha homenagem a Julian Assange que revolucionou a informação e jamais se sentiu atraído pelo esconderijo do anonimato.

3 comentários:

leila castro disse...

Eu também sou fã do cara!

Só que eu gosto de ser anônima, mal comparando... já que sou somente uma blogueira insatisfeita.

marcia superando disse...

Adorei a oportunidade de aprendizado!Eu já não gosto muito dessa coisa de anonimato,embora entenda que em certos casos fica mais fácil dizer verdades e exercitar o espírito contestador, sem correr riscos!

leila castro disse...

Márcia,

Veja o seu caso, sem anonimato, por vezes também era acusada de ter fakes...
Eu como fake, sou meu alterego!

Eu, sem anonimato, sempre exercito meu espírito contestador e as possíveis "verdades", sempre as defendi claramente com todos. Não é? Ou tem dúvidas?

Olhe como encaro meu anonimato, ou meu alterego ou inconsciente coletivo:


"Alter ego ou alterego (do latim alter = outro egus = eu) pode ser entendido literalmente como outro eu, outra personalidade de uma mesma pessoa. O termo é comumente utilizado em análises literárias para indicar uma identidade secreta de algum personagem ou para identificar um personagem como sendo a expressão da personalidade do próprio autor de forma geralmente não declarada.

Para a psicologia, o alter ego é um outro eu inconsciente. Ex.: Mystery é o alter ego de Erik von Markovik (PUA).

Num outro sentido, o alter ego de uma pessoa não é uma faceta escondida ou secreta da sua personalidade, mas sim alguém de muito íntimo, um amigo fiel e inseparável em que essa pessoa se revê e deposita absoluta confiança. O alter ego é, neste caso, um perfeito substituto em que a pessoa pode delegar a sua representação ou outra função importante, na certeza de que ele pensará e agirá como ela pensaria ou agiria, isto é, como se fosse ela própria. É frequente, na vida política, um dirigente ou governante ter um alter ego como colaborador destacado, alguém habilitado a assumir fielmente as suas funções."


Fonte: Wilkipédia