Total de visualizações de página

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PALAVRAS ACESAS

É o título do blog de Felipe Barreto, Superintendente de Comunicação da Prefeitura de Mangaratiba. Ele escreve bem em prosa e em versos e, como eu, é um quase ateu graças a Deus.
Ele lê o meu humilde e politicamente quase incorreto blog onde voltou a postar um comentário. Eu não o conheço, mas vejo que várias postagens suas em Palavras Acesas harmonizam-se com o que tenho escrito por aqui. Sua última postagem demonstra que, no momento, ele anda meio deprimido pois enfrentou um ano terrível.
Para tentar lhe dar um sopro de ânimo - como teria feito o Criador com o homem de barro - resolvi promover seu blog entre os meus leitores, incluindo-o entre os blogs que eu leio sempre na relação aí à direita.
E para que a relação não fique muito extensa, decidi, também, excluir o blog do Xikinho da Rádio que não mais escreve. Ele partiu desta para melhor, está curtindo uma vida paralela no Second Life onde realiza seus sonhos e planos impossíveis de se concretizarem na vida real.
Não é a primeira vez que retiro um blog da relação por falta do que ler. Acho que não será a última.

4 comentários:

leila castro disse...

Eu li! Tenho que admitir que é legal mesmo.

E assim, vou conhecendo as diversas porções das pessoas que me intrigam tanto.

Chega ser interessante saber que dentro da pessoa, mora alguém melhor que a que vive do lado de fora.

Felipe Barreto disse...

Lacerda e Leila,

Leio sim, atentamente, os dois blogs. Concordo com algumas críticas, respeito as diferenças políticas pois vocês são formadores de opinião na cidade e acho sempre que elas não devem prevalecer sobre valores que parecem demodê, mas não são: ética, transparência e o que sigo à risca: profissionalismo. Já me criticaram muito "por não ser da terra". De fato, não nasci aqui. Mas provei dessa água e espero ficar aqui, ajudando no que for possível. Abraços, obrigado pela lembrança e um ótimo 2011.

leila castro disse...

Felipe,

Te digo que de minha parte, as críticas não são "por não ser da terra". Afinal, hoje em Mangaratiba isto não faz diferença.

Sabe, talvez a liberdade que eu e o Lacerda tenhamos de ir e vir em nossas opiniões, seja possível por razões diferentes, mas que você ainda não pode ter.

Lacerda, é um homem único, que já consigo desvendar um pouco mais e percebo que deve ter sido sempre turrão. E quando ligado profissionalmente a algo, deve ter comprado a briga tão teimosamente quanto você fez. Só que penso que isto não tirou dele a capacidade de avaliar a situação que se encontrava, sabendo perfeitamente onde tinha enfiado seus pés.
Veja, eu posso estar falando besteiras, mas é o que sinto.

Eu já sou mais estranha, já que sou teimosa e extremamente livre, beirando a insanidade. E nunca consegui vender um peixe que poderia causar dor de barriga a alguém, mesmo que com isto, não "levasse o meu pão" para casa.

Somos diferentes, esta é única razão de fazer da vida algo tão estimulante.
Que você tenha um 2011 melhor que este que estamos guardando nas gavetas da vida!

LACERDA disse...

Também não sou dessa terra que escolhi para viver e pensava sair daqui direto para o meu terreninho no Jardim da Saudade, em Sulacap.
Infelizmente, está dificil permanecer aqui, principalmente nos finais de semana. Réveillon e carnaval estarei bem longe.
A vocês - Leila e Felipe - desejo que 2011 seja como a Second Life do Xikinho.