Total de visualizações de página

domingo, 13 de setembro de 2009

TUPI-GUARANI

Não é uma língua, mas, sim, uma família linguística, pertencente ao tronco tupi, que congrega várias línguas indígenas da América do Sul e apresentava uma ampla distribuição geográfica pelo continente. Grande parte das tribos que habitavam o litoral brasileiro, quando da chegada dos portugueses. falava uma das línguas pertencentes à família tupi-guarani.
O guarani é a língua tupi-guarani de maior importância atualmente, pois, é um dos idiomas oficiais do Paraguai junto com o espanhol.
O tupi é uma lingua extinta que nos deixou várias denominações de localidades, animais, plantas, etc. São quase sempre descrições das coisas a que se referem.
Nossa cidade e a maioria de seus distritos foram denominados pelos índios que aqui viveram antes da colonização: os tamoios, nativos da região e muito selvagens, e os tupiniquins, trazidos pelos jesuítas para pacificar aqueles.
O significado dessas denominações tem a ver com o que os índios viam em cada local. Mangaratiba, por exemplo, significa uma localidade com muita banana. Mangará é a ponta terminal da inflorescência da bananeira, também chamada de coração, e tiba significa grande quantidade. Ambas as palavras constam dos dicionários.
Jacareí significa um rio que tem jacarés.
Muriqui, creio que todos sabem tratar-se do mono carvoeiro, o maior primata brasileiro que existia em grande quantidade em nossa mata atlântica.
Sahy era como os índios denominavam outro símio muito ágil e de olhos miúdos.
Ibicuí é a junção de ibi (terra) com cuí (farinha). Seria uma areia muito fina como farinha.
Itacuruçá significa cruz (curuçá) de pedra (ita), Os jesuítas, junto com os tupiniquins, construiram uma grande cruz de pedra na localidade.
Outras localidades denominadas pelos índios foram Ingaíba, Itacurubitiba, etc, mas não sei o significado. Se você souber, por favor, inclua nos comentários.
Distritos não denominados pelos índios foram Praia Grande e a Serra do Piloto. Dizem, não sei, que um piloto bateu sua aeronave contra a montanha. Daí veio o nome do distrito.

9 comentários:

Anônimo disse...

Muito boa a tese apresentada sobre os nomes.

Lívia disse...

O nome "Serra do Piloto" tem outra origem, aliás, a verdadeira. Antigamente existia um profissional conhecido como "piloto de cordas", que media e dividia as terras urbanas e rurais. Hoje esse profissional é chamado de "agrimensor". Na época, um piloto de cordas muito solicitado para exercer suas funções, residia na Serra. Daí o nome Serra do Piloto.

Lívia disse...

Praia Grande é de origem tupi. Na língua indígena:Perequê-Açu (Perequê = Praia e Açu = Grande).

Lívia disse...

Ingaíba – de ingá-yba, a árvore da ingá, a ingazeira

Max disse...

ITACURUBITIBA ITA ( pedra), CURUBÁ (caroço), I (pequeno), TIBA (grande quantidade) = MUITAS PEDRAS.

Max disse...

Muitos pedaços pequenos de pedras ... fica melhor assim...kkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Itacurubitiba
Pedras de rio, pedregulhos.
Ingaiba = yba ou yby = terra
Terra de ingá.

Tiba expressa coletividade.

Anônimo disse...

Itacuruça

Ita (pedra) curu (feitiçeiro) Çá (formiga)

Joelton Bezerra disse...

Gostei dessa informação da Serra do Piloto.Pois eu soube desse comentário ir um funcionário que trabalha no Solar do Barão do Sahy.Me perdoe por esquecer o seu nome,mas ele guia e dá informações dentro do Solar, amostra do e dizendo a história.( Maravilha de História ).