Total de visualizações de página

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

AARÃO, O DEMIURGO

Foi o filósofo grego Platão (429-347 a.C) quem primeiro identificou e descreveu o demiurgo. Trata-se, na verdade, de um mito, uma hipótese cosmológica com caracteres verossímeis.
Na doutrina de Platão – discípulo de Sócrates - o demiurgo é uma entidade divina que situa-se entre Deus e a humanidade. Algo tipo assim como Buda, como Maomé, como Moisés e, até mesmo, como Jesus.
O Aurélio, afirma tratar-se de uma criatura intermediária entre a natureza divina e a humana.
Atualmente, o termo demiurgo adquiriu também um significado pejorativo, designando pessoas que se imaginam acima do bem e do mal, donas da verdade e que se julgam sempre certas. Um ser iluminado com poderes sobrenaturais que atua com o aval do além. Uma deidade subordinada à Divindade Suprema.
Não quero afirmar que o nosso futuro ex-prefeito seja esse avatar. Não! De forma alguma.
Mas, lendo a entrevista que ele deu ao Jornal Atual, tive a certeza de que ele assim se imagina. Um xamã. Está lá na última edição do jornal o pedido de nosso futuro ex-prefeito:

“Quero pedir à população que medite em Salmos 105, onde o salmista louva a Deus por haver guardado o seu acordo com os patriarcas, de onde livrou do Egito o povo de Israel e o conduziu pelo deserto. Medite porque há faraós e ungidos de Deus. Quando um ungido governa, o povo se alegra. Quando um faraó governa, o povo geme. Obrigado, Jesus Cristo, por me escolher para te servir.”
Diz ainda o nosso futuro ex-prefeito que a legitimidade de seu mandato está em Deus. Diz que foi eleito com a anuência e pela vontade de Deus e que quando é vontade de Deus ninguém tira. Diz, também, que “Ele vai honrar o Nome Dele e vai nos honrar, porque foi Ele que nos outorgou o mandato".
O nosso futuro ex-prefeito parece considerar-se um enviado de Deus que está acima da Lei e da ordem. Um ser perfeito e iluminado que está acima do mortal comum. Uma deidade que deve ser admirada e venerada.
Um demiurgo.

10 comentários:

Anônimo disse...

Afinal, se Aarão não tivesse feito o bezerro de ouro, não haveria adoração e não havendo adoração, Moisés não teria mandado matar os hebreus adoradores. Moisés descumpriu uma ordem de Deus, ou seja, o primeiro caso de nepotismo da história, o primeiro nepotismo bíblico. Afinal, a Bíblia diz:"Não farás imagens esculpidas das coisas que estão em cima, nos céus, nem embaixo, sobre a terra, nem nas águas, sob a terra..." E quem fez a escultura do Bezerro foi Aarão.
A menos que a resposta seja que Aarão fosse um antepassado bem remoto de Maluf e ao ser perguntado por Moisés sobre o porque do bezerro de ouro, Aarão respondeu: "esse bezerro não é meu.". Foi então que Moisés, um antepassado bem antigo do Lula, teria dito: "Eu não sei de nada. A culpa é da oposição". Por isso que não mandou matar Aarão e mandou matar a oposição, isto é, aos adoradores do bezerro. E Aarão ainda ganhou o cargo de sumo sacerdote. A Bíblia pregando o Nepotismo e uma administração desastrosa manchada de sangue.

A história sempre se repete.
Zaralho

Anônimo disse...

Caro Lacerda,
Vc deve ser elevado à categoria de sábio, daqueles a quem a comunidade deveria obrigatoriamente recorrer em ocasiões de crise.
Sua análise sobre a natureza da personalidade e do caráter de "nosso futuro ex-prefeito" é de um precisão cirúrgica...
parabéns tb a quem postou esse cometário acima, outra pérola de precisão analítica.
Vcs são gênios!!!

leila castro disse...

Amigos,
Estou no bloco dos elogios!
Voces foram precisos e só tenho a agradecer postagens como estas.
Vou pra galera:
Palmas! Palmas! Palmas!

Mota disse...

Primeiro caso de nepotismo da história?
Me esclareçam: o bezerro empregou a cabra, sogra dele?
Tsc, tsc... alguma coisa está errada no texto "genial" do anônimo....

Mota disse...

Avisa lá pro Aarão que em 14 de julho de 1789 houve a queda da Bastilha na França e com isso triunfaram as idéias ILUMINISTAS.
Desde então, não tem mais esse papo de poder outorgado por Deus. Será que os livros escolares municipais não estão atualizados?

Anônimo disse...

Gostei da idéia: guilhotina! Como Luís XIV!

Anônimo disse...

Lacerda,parabéns você é uma pessoa inteligente e iluminada

Anônimo disse...

Mota:
Ele não empregou a sogra (ou a cabra), mas casou-a com o veado, para receber a pensão do cervídeo...

marivaniysys disse...

O nosso futuro ex-prefeito se Deus quiser,e Ele quer está mais prá Satanás do que outra coisa.RSRSRSRSRSR.

Anônimo disse...

O GADO BÍBLICO NUM JOGO DE ARMAR JUNTO AOS BEBEDORES DE WISK PENSANDO NOS DESVIOS ENCOMENDADOS, SE SENTEM COMO SE ESTIVESSEM EM CASA , BEM A VONTADE E TRANQUILOS. É A IMAGEM QUE ELES TRANSMITEM AOS CÃES DA SEITA DOS PRIMITIVOS ,PENSANDO E PLANEJANDO A PRÓXIMA TRAMOIA. É ESSE BANDO QUE GARANTE A ADMINISTRAÇÃO DE MANGARATIBA.