Total de visualizações de página

quarta-feira, 26 de março de 2008

ZAZÁ, CARIME, IVETE, ANA MARIA E LENI

Quem serão? Gostaria de conhecê-las. Ainda vivem saudáveis, felizes, em Mangaratiba?
Você que me lê, conhece alguma delas?
Humberto Teixeira – 1915-1979 – conheceu-as aqui e lhes fez uma homenagem na música Mangaratiba, um dos maiores sucessos gravados por Luiz Gonzaga em 1949. Quer ouvi-la? Clique no link abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=aHxIpWVcXmI
Oi, lá vai o trem rodando estrada arriba...
Pr´aonde é que ele vai ?
Mangaratiba! Mangaratiba! Mangaratiba!
Mangaratiba...

Adeus Pati, Araruama e Guaratiba,
Vou para Ibacanhema, vou até Mangaratiba!
Adeus Alegre, Paquetá, adeus Guaíba,

Meu fim de semana vai ser em Mangaratiba!
Oi, Mangarati, Mangarati, Mangaratiba!
Mangaratiba...

Lá tem banana, tem palmito e tem caqui
E, quando faz luar, tem violão e parati.
O mar é belo, lembra o seio de Ceci
Arfando com ternura, junto à praia Guity.
Oi, Mangarati, Mangarati, Mangaratiba!
Mangaratiba...

Lá tem garotas tão bonitas quanto aqui:
Zazá, Carime, Ivete, Ana Maria e Leni...
Amada vila junto ao mar Sepetiba,
Recebe o meu abraço, sou teu fã
Mangaratiba!

Autor de mais de 400 composições – Asa Branca, Assum Preto, Que nem jiló, Paraíba masculina, Meu pé de serra, Lorota boa - Humberto Teixeira tornou-se um compositor reconhecido internacionalmente, com músicas gravadas em diversos idiomas. Foi até plagiado nos States.
Muitas dessas composições foram produzidas aqui, em sua casa de Mangaratiba, onde passou grande parte de sua vida e recebia os amigos. Inclusive Luiz Gonzaga, seu maior parceiro musical, com quem criou o baião, ritmo que revolucionou a MPB na época.
Advogado, conhecido como o “Doutor do Baião”, Humberto Teixeira se elegeu deputado federal e lutou pela regulamentação do direito autoral. Conseguiu aprovar no Congresso Nacional a Lei Humberto Teixeira para a formação de caravanas de artistas divulgando a música brasileira no exterior
Sua filha, a atriz Denise Dumont - junto com a viúva de Tom Jobim - vem se encarregando de resgatar suas memórias, produzindo um documentário, promovendo shows e artigos em jornais e revistas sobre a importância de sua obra. “Humberto Teixeira inventou o baião e descobriu Luiz Gonzaga que, antes de conhecê-lo, usava a sanfona para tocar músicas francesas em feiras”, diz o cantor Fagner no documentário.
Ninguém promoveu tanto o nome de Mangaratiba em todo o país e no mundo.
Humberto Teixeira merece uma homenagem em nossa Cidade.

Um comentário:

Fábio disse...

Aqui acho que você descobriu a principal vocação do seu blog. Neste post você inseriu um espírito original, ocupou um nicho, deu o tom ideal, criou interesse maior.
A idéia de resgatar a memória local, esclarecendo fatos atuais e mesmo levantando curiosidades, sempre citando os personagens passados e presentes é ótima.
Parabéns por saber dosar o conteúdo com política, arte, cultura etc.
Um beijo pai. Fiquei orgulhoso do espaço. Mas fui eu que incentivei, né?